14088509_942769462500489_1008289778600731063_n

O Bando Trapos é um coletivo artístico composto por atores, dançarinos e músicos. Mesclando uma forte pesquisa em torno do universo da máscara com a linguagem do teatro de rua, do bufão, do palhaço e da cultura popular, em especial as manifestações e a musicalidade afro-brasileira vivenciadas com outros coletivos no bairro do Campo Limpo, o grupo transforma todas estas influências em música, poesia e teatro!

REPERTÓRIO DO BANDO

ESPETÁCULO: FOI O QUE FICOU… DO BAGAÇO!

Três palhaços andarilhos encontram um circo abandonado. Cada um, a seu tempo e sua maneira descobrem este universo, ocupam este espaço e se apropriam das ferramentas que ele oferece; porém, isto acontece da maneira mais picareta possível – um dos palhaços já se intitula dono do circo! A todo o momento, um tenta puxar o tapete do outro! Mesmo com esses conflitos, o circo se põe em andamento. Cada um vai tomando uma função, e ao longo do espetáculo eles vão propor ao público o encantamento, o riso e a reflexão.

FICHA TÉCNICA
ELENCO
DECO MORAIS, JOKA ANDRADE, DANIEL TREVO

PRODUÇÃO EXECUTIVA:
DÊSSA SOUZA

APOIO TÉCNICO / SONOPLASTIA:

WELTON SILVA

DIREÇÃO / DRAMATURGIA:
COLETIVA

FIGURINOS E ADEREÇOS:
O GRUPO

DURAÇÃO:
75 MINUTOS

Vídeo Foi o que ficou… do bagaço! Na Integra.

Teaser – Foi o que ficou… do Bagaço! 

***

O PEQUENO CIRCO DE TRAPOS

04 palhaços surgem de um pequeno circo, e, aos poucos cada um vai tomando
uma função, todos em nome do mesmo propósito: realizar um espetáculo cheio
de imagens e mistérios. Entre músicas, poesias, peripécias e brincadeiras eles
vão propor ao público o encantamento e a reflexão, mas sem abrir mão do riso.

O pequeno circo de trapos é uma versão resumida de Foi o que ficou… do Bagaço para escolas, praças e ruas.

**********************************************************************

MEPHISTO INJUSTIÇADO

RELEASE:

Mephisto Injustiçado é um experimento cênico baseado nas investigações desenvolvidas ao longo de um ano e meio por alguns dos integrantes do Bando Trapos enquanto faziam parte da Trupe Artemanha de Investigação Teatral, com orientação de vários artistas pesquisadores de Teatro. O trabalho partiu do estudo dramatúrgico de distintas versões escritas sobre o mito “fáustico”, com o dramaturgo Antônio Rogério Toscano e agregou profissionais como a pesquisadora e diretora Tiche Vianna, que orientou os atores na criação da encenação; o ator e palhaço Esio Magalhães, que orientou o treinamento de atores e dos orientadores João Araújo, na construção e manipulação de bonecos, Pax Bittar e Fábio Pinheiro no treinamento da música, da voz e do canto. Dorberto Carvalho se reuniu com o grupo neste ano para a finalização do roteiro criado a partir das cenas propostas no diálogo entre todos os criadores. O espetáculo foi criado para acontecer no Espaço Cultural CITA, localizado na zona sul de São Paulo – SP, porém, já circulou por dezenas de espaços alternativos no estado.

 

SINOPSE – Por Tiche Vianna:

Ao anunciar um grande espetáculo, Mephisto seduz os espectadores a entrarem em um antigo espaço teatral abandonado, com a promessa de que verão um inesperado espetáculo. Sua verdadeira intenção é selecionar entre os espectadores anônimos um elenco formado por alguns miseráveis, que segundo ele, são o resultado da lógica de Deus. Entre todos,  quatro figuras “bufonescas” são selecionadas como suas protagonistas. Aos poucos, atores e espectadores vão sendo conduzidos por ele a encenar e viver momentos criados por sua obsessão em exigir que Deus se apresente pessoalmente e escute a acusação que inocentaria Mephisto de sua injusta condenação. Como Deus o ignora, Mephisto procura encontrar um modo inevitável para chamar sua atenção. No caminho ilógico de um Mephisto que questiona a lógica de Deus, nos perguntamos diversas vezes o que é real, o que é teatro, o que é demoníaco e o que é divino em todos nós.

FICHA TÉCNICA:

MEPHISTO INJUSTIÇADO – Baseado em estudos realizados sobre diferentes versões e leituras do mito de “Fausto

Orientação de Criação  / Direção: Tiche Vianna / Dramaturgia: Criação Coletiva / Texto Final: Dorberto Carvalho / Preparação Vocal / Musical: Fábio Pinheiro / Preparação em Instrumentos não convencionais: Pax Bittar / Trilha Sonora: Música: Deco Morais / Pianos: Marcelo Onofri / Elenco:  Carlos Andrade, Deco Morais, Rodrigo Dias, Welton Silva e Cléia Varges / Cenografia: Dêssa Souza / Léo Santiago / Adereços: Trupe Artemanha / Marcenaria:  Raimundo Souza / Projeto Iluminação: Carlos Andrade / Técnica / Sonoplastia: Dêssa Souza / Figurinos: Mariana Farcetta / Grupo / Músicas: Fábio Pinheiro e Grupo / Produção: Dêssa Souza / Diagramação: Welton Silva / Duração: 60 minutos / Orientação de Pesquisa: Antônio Rogério Toscano / Colaboradores do Processo de Montagem: Esio Magalhães / João Araújo / Produção Geral:  O Grupo.

Agradecimentos: Trupe Artemanha de Investigação Teatral / Jorge Luiz, Pablo, Cecília Souza, Guilherme Blanco e Hélio Santos – nossas crianças / Raimundo Souza / Antonio Apolinário / Dorberto Carvalho / Will Cavagnolli / Marcelo Onofri.

Bando Trapos no Programa Olhar TVT

Teaser Mephisto Injustiçado

Íntegra Mephisto Injustiçado

Olha o nosso Flickr!

CLIPPING E FOTOGRAFIAS

Veja como foi a circulação de Mephisto Injustiçado – 2016 com o apoio do Prêmio Zé Renato de Teatro para a cidade de São Paulo

Saiba tudo sobre a Circulação do Bando Trapos no Centro Oeste

 

Anúncios